segunda-feira , outubro 26 2020
A L Ô . D I Z :
Você está aqui: Capa / Geral / Japonês sobe 2,5% em relação à última pesquisa e lidera corrida para prefeito de Vilhena, com 40,8% das intenções de voto

Japonês sobe 2,5% em relação à última pesquisa e lidera corrida para prefeito de Vilhena, com 40,8% das intenções de voto

O Instituto Haverroth de Política, Estatística e Comunicação (IHPEC) divulga neste domingo, 20, uma nova pesquisa eleitoral para prefeito de Vilhena, realizada entre os dias 14 e 16 de setembro. Os entrevistados responderam à seguinte pergunta: em quem vota para prefeito de Vilhena?

O prefeito Eduardo Japonês (PV) continua na frente da corrida ao Palácio dos Parecis, com 40,8% das intenções de voto. Em segundo está a ex-prefeita Rosani Donadon (PSC), que obteve 28,7%. Coronel Rildo (PODE) ficou em terceiro lugar, com 8,3% das intenções de voto. Darci Cerutti (DEM) vem em seguida, com 4,5%. Paulo Sérgio da Argamazon (PRB) aparece em último, com 2,2%. E os que não souberam responder somam 15,6%.

Por conta do número menor de indecisos, nota-se que todos os pré-candidatos tiveram ligeiro aumento na intenção de votos. Contudo, com 2,5% a mais das intenções de voto, Japonês foi o que mais cresceu em relação à última pesquisa divulgada dia 8. Rosani oscilou 1,3% para cima, enquanto Rildo teve 1,4% a mais. Darci subiu 0,3% e Paulinho da Argamazon, 0,4%.

Realizada por conta do próprio IHPEC, a pesquisa foi estimulada, que é quando se apresenta as opções de candidatos aos entrevistados. Os nomes colocados no formulário de entrevista foram de autodeclarados pré-candidatos a prefeito da cidade até o momento da pesquisa ou nomes que vinham sendo apontados na imprensa e redes sociais como possíveis candidatos.

Como a pesquisa foi feita antes do término das convenções, o nome de Darci Cerutti aparece porque, no período das entrevistas, o empresário ainda não tinha desistido do pleito. E o nome do professor Miguel Câmara (PSB), que agora é pré-candidato, não foi colocado no formulário, visto que seu nome não estava sendo cogitado para a disputa no momento da sondagem.

Nessa amostra, foram ouvidas 840 pessoas nas principais avenidas da cidade, entre os dias 14 e 16 de setembro. A pesquisa foi registrada no TSE sob o número RO-03254/2020. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos. E o intervalo de confiança é de 95%.

Durante as entrevistas, o IHPEC tomou todos os cuidados e seguiu as medidas de segurança em razão da pandemia de covid-19.

 

Fonte: IHPEC

Sobre Redação

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top