quinta-feira , junho 20 2019
A L Ô . D I Z :
Você está aqui: Capa / Destaques / Movimento Rondônia pela Educação – Conselho de Governança traça metas para 2017 e 2018

Movimento Rondônia pela Educação – Conselho de Governança traça metas para 2017 e 2018

 

???????????????????????????????

Conselho de Governança do Movimento Rondônia pela Educação se reúne na Fiero para traçar metas para 2017 e 2018

 

Debater a Medida Provisória 746/2016: um Novo Ensino Médio para Rondônia; o IDEB 2015: pontos de atenção para educação rondoniense e balanço dos primeiros cinco meses  e plano de trabalho para 2017/2018, foi alguns dos temas em pauta na 1ª reunião ordinária do Conselho de Governança do Movimento Rondônia pela Educação, realizada na tarde desta quarta-feira, 26, no salão de convenções da Casa da Indústria.

Sob a liderança do presidente do Sistema Fiero, Marcelo Thomé, o encontro contou com a participação do vice-governador Daniel Pereira; da secretária de Estado de Educação, Aparecida de Fátima Gaviolli Soares Pereira; da coordenadora do Movimento Rondônia Pela Educação, Raquel Volpato Serbino, e de representantes das entidades parceiras, dentre elas, Sesi; Senai; IEL; Sinepe; 17ª Brigada; Tribunal de Contas; Rede Amazônica; OAB, dentre outros.

Thomé lembrou que a meta é trabalhar efetivamente em prol da educação de Rondônia a partir da proposta de reposicionamento da educação, visando o desempenho dos alunos no Ideb e de que maneira o estado pode se preparar para atender as demandas da Medida Provisória do Ensino Médio. “Precisamos aproveitar este momento na construção da parceria entre o governo estadual e o Sistema S, utilizando as escolas do Senai, Sesi, Senac para ofertar educação profissional que é obrigação estabelecida pela MP. Estas unidades estão prontas e equipadas, temos professores qualificados e basta estabelecermos um convênio. Esta é uma parceria em que todos ganham”, disse.

O procurador de Justiça, Rodney Pereira de Paula, falou sobre Ideb 2015: pontos de atenção para Educação Rondoniense, enquanto a secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, abordou o tema Medida Provisória 746/2016: Um Novo Ensino Médio para Rondônia. A coordenadora do Movimento Rondônia pela Educação, Raquel Volpato Serbino, apresentou um balanço dos primeiros cinco meses e falou sobre o plano de trabalho que será desenvolvido para 2017/2018. Quanto aos aulões do Enem, os 52 municípios foram mobilizados graças à participação de várias instituições comprometidas com a melhoria da qualidade do ensino. A resposta tem sido positiva e tem mostrado como esta iniciativa tem sentido.

“Queremos zerar o analfabetismo, não apenas na indústria, mas em Rondônia”, comentou a coordenadora. Outro ponto abordado, a evasão escolar, que ela denominou como forma cruel de exclusão. “Por isso, o Movimento vai articular o projeto Quem falta faz falta. Se o aluno não estudar, não vai aprender e consequentemente não ficarão na escola. A integração da sociedade e da família com a escola é fundamental para o movimento de melhoria da qualidade da educação, enfatizando o protagonismo dos alunos. Precisamos trabalhar estas metas para que até 2018 tenhamos indicadores mostrando o sucesso das organizações rondonienses em prol da educação”, finalizou.

O vice-governador, Daniel Pereira, citou o empenho do governo estadual para melhorar a qualidade da educação com ações pedagógicas que estão sendo importantes aliadas ao projeto educacional.

 

 

Assessoria de Comunicação Social do Sistema Fiero

Sobre Redação

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top